Cine Vila debate identidade brasileira e povos indígenas

panfleto 03

Neste mês de abril vamos abordar no Cine Vila a temática da identidade brasileira e da luta pelo reconhecimento. Perguntamo-nos: o que é ser brasileiro/a? A escolha do tema não foi por acaso, pois no mês de abril temos uma série de datas que nos põem diante da questão. Além do “Dia do Índio” (19) e do “Descobrimento do Brasil” (22), relembramos neste mês o Golpe Militar, ocorrido no 1º de abril de 1964, e o massacre de Eldorado dos Carajás, do dia 17 de abril de 1996.

O que sabemos sobre nossas origens e sobre a multiplicidade de culturas que formam esse país Brasil? Talvez um verdadeiro descobrimento passe por esse mergulho na identidade, ou melhor, nas identidades brasileiras.

A seleção dos filmes traz a ficção Naiá e a Lua (São Paulo), além de três produções pernambucanas: Macunaíma Colorau, Elefante Branco e Todo dia é dia de índio. Para o debate, contaremos com  a participação de Clarice Hoffman, idealizadora de coordenadora de produção do Macunaíma Colorau, integrantes do CIMI (Conselho Indigenista Missionário) e Andréa Luna, da plataforma Copa Favela 2014. Desta forma buscamos aproximar o público da realidade étnica local, e atual, como forma de reflexão sobre nossa cultura e sociedade.

Contamos com a sua participação!

Haverá sorteio de prêmios surpresa!

Naiá e a Lua

Direção: Leandro Tadashi

Ano: 2010

Duração: 13 min

Uma jovem índia de nome Naiá se apaixona pela lua ao ouvir da anciã de sua aldeia a história do surgimento das estrelas no céu. Filme inspirado na lenda tupi-guarani sobre o surgimento da vitória-régia.

Macunaíma Colorau

Direção e Concepção: Angelo Bueno, Clarice Hoffmann, Çarungaua, Guma Farias, Lourival Cuquinha, Renato Pimentel, Thelmo Cristovam e Zzui Ferreira.

Ano: 2007

Você é índio? Você é branco? Você é negro? O projeto Macunaíma Colorau nasce a partir dessas perguntas, feitas a moradores das cidades-sede de cinco municípios do interior de Pernambuco e em territórios indígenas e quilombolas localizados na mesma região. As respostas encontradas incentivaram o coletivo a aprofundar e ampliar questões ligadas à identidade étnica através da arte, partindo de oficinas, vídeos, fotografias e instalações. Este é um videopesquisa em que centenas de indivíduos respondem se são índios, brancos ou negros.

O Elefante Branco. Resistência Indígena à Transposição do Rio São Francisco

Direção e Concepção: Manuela Schillaci, Martina Feliciotti, Lorenzo Grimaldi

Duração: 31 minutos

Ano: 2012

 

Situado no semi-árido do Nordeste brasileiro, o rio Sao Francisco tem sido objeto de intensa exploração desde os anos 60, principalmente para geração energética, gerando assim a sistemática violação dos direitos étnicos e territoriais dos povos indígenas. A violência exercida pelas grandes obras atinge, entre outros, os aspetos culturais e espirituais dos povos indígenas, tendo grande impacto no patrimônio imaterial, tema ainda silenciado e omisso. Ainda hoje, um grande contingente populacional é vítima das grandes obras e do descaso governamental que sempre caracterizou a região. Os povos tradicionais estão resistindo ao projeto de transposição e de novas barragens, continuam denunciando a realidade da bacia e defendendo o Velho Chico, “pai e mãe das nações indígenas”.

 

Todo dia é dia de índio

Direção e Concepção: John Erbuer e Andréa Luna.

Ano: 2013

Duração: 3 min

Vídeo com imagens da manifestação dos povos indígenas de Pernambuco na Assembleia Legislativa do Estado, ocorrida no dia 3 de abril deste ano. Os índios fazem o seu ritual sagrado e explicam os motivos do protesto, entre eles as reivindicações pelo cumprimento de acordos feitos com o governo no âmbito da educação escolar indígena, e pela garantia do direito ao território tradicional.

O quê? Cine Vila debate Identidade e Reconhecimento

Quando? Dia 24 de abril, às 19h30

Onde? No CEPAS (Centro de Ensino Popular e Assistência Social do Recife Santa Paula Frassinetti), Rua Souza Bandeira Q L1, Vila Santa Luzia, Torre, Recife – PE.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s